Páginas

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Dicas sobre cortinas





Essas coisas de decoração são um mistério pra mim, me sinto como na foto ao lado aí, como se as cortinas fosse me matar, rsrsrsrs

Mas encontrei uma dicas bem legais sobre cortinas no site da Center Fabril, segue abaixo.

E porque to pensando em cortina agora?! Bom, a lateral da minha casa vai ter 2 painéis de vidro do chão até o teto, cada um com 2m de largura! Um na escada e outro na sala de estar que vai ter pé direito duplo.

Aguardem que logo mando uns desenhos da fachada em 3D.


Regras de equilíbrio na definição de medidas das cortinas
Devemos analisar as medidas antes de colocarmos as cortinas, para isso é importante medir a distância necessária entres alguns pontos:
  • Verifique a distância entre a parte superior da janela e o teto: calcule o meio para instalar o varão, mas se esta distância for menor que ou igual a 30 cm, faça a cortina desde o teto, ficará mais harmoniosa.
  • O mesmo acontece com a parte inferior da janela até o piso: calcule o meio para saber a altura da cortina. Entretanto, se esta distância for menor que 60 cm, melhor fazê-la longa.
  • Quanto à lateral até o final da parede: se a distância for menor que 50 cm, melhor cobrir toda a parede.
  • Medida do varão ou trilho: meça a largura da janela e acrescente de 20 a 40 cm de cada lado (quanto mais se quiser evitar a entrada de claridade, maior deve ser este acréscimo, assim como para porta-balcão). Essa deverá ser a largura da cortina.
  • Em caso de uso de aberturas que de parede a parede use a cortina na extensão total da sala.

 Dicas de Cortinas:
  • Nas construções de nossas residências as janelas são indispensáveis como aberturas de ventilação, troca de ar e como integração arquitetônica de fachadas, elementos que além de auxiliar no conforto térmico dos ambientes valorizam o imóvel. Entretanto na maioria das vezes faz-se necessário algum artifício para a dosagem de iluminação que entra nesses ambientes. É nessa hora que recorremos às cortinas e persianas, que nos auxiliam na decoração e na limitação de luz solar.
  • A opção de escolha desses artifícios de decoração e de controle de iluminação aos ambientes se dá tanto pela necessidade específica de alguns cômodos da residência, como pela intenção que se tem em deixar alguns ambientes mais aconchegantes aos usuários. 
Na hora da escolha das cortinas acompanhe o estilo da decoração dos ambientes: Modernos e retos ou Clássicos com xale nas laterais.
  • Salas: Use tecidos claros ou transparentes (com forro) para obter maior luminosidade. Modelos clássicos, retos ou persianas com xale nas laterais.
  • Quartos: Modelos aconchegantes. Escolha tecidos mais encorpados para garantir a privacidade.
  • Cozinhas: Escolha tecidos fáceis de lavar, como: Richelieu, renda holandesa
  • Home theater: Necessita de bloqueio total de luz, tecidos grossos são os mais indicados, como brim, linho ou seda rústica, ou ainda com forros tipo corta-luz como o black-out.
  • Escritórios: Cortinas curtas, que levam pouco tecido ou persianas.

  
Modelos de cortinas:
  • Contemporânea: Cortinas retas com alças, ilhós, laços ou argolas colocadas em varões ou fios de aço.
  • Clássica: franzida ou com pregas (macho, fêmea ou americana), com xales ou bandos; com ou sem forro; colocadas em trilhos ou varões (madeira ou dourados), que podem ser embutidos em sanca de gesso.

  
Tipos de Tecidos:
  • Leves: Voil ( liso, filetado, bordado), cambraia, organza, microfibra, changeant (sintético), chiffon, crepes e palhas de seda, Rechelieu e rústicos leves.
  • Encorpados: Sarjas, rústicos, shantung de seda ou poliéster, gorgurão, linhos, algodão, jacquard, chenille, veludo, e black-out.
  • Forros: Gabardine, tergal verão, microfibra, malhas específicas e black-out.

Dicas:
  • Tecidos com 3,00 mts de largura levam menor metragem para confeccionar.
  • Cortinas prontas também são uma ótima opção. Certifique sempre a metragem antes de comprar.
  • Janelas pivotantes (que giram sobre um eixo vertical) a melhor opção é utilizar cortinas fixas na moldura, cobrindo apenas o vidro.
  • Para janelas que partem rente ao teto melhor optar por cortinas longas, presas em sancas de gesso ou em bandôs, equilibrando assim as proporções e evitando frestas de claridade.
  • Para janelas que vão de parede a parede a possibilidade de colocar varão é viável desde que finalizado com rosetas ou flanges que prendem e finalizam o varão às paredes laterais. Para extensões acima de 2,50 mts é recomendado intercalar com um ou mais suportes de teto.
  • Porta-balcão pede uma cortina simples, até o chão (deixando-a arrastar no mínimo 1,50 cm) e, o principal, não esquecer de acrescentar 40cm de cada lado (tanto do varão como da cortina) reservando espaço para acomodar toda a cortina nas laterais liberando o uso da porta.
  • Se houver janelas de tamanhos ou formatos diferentes em um mesmo ambiente, equilibre o local padronizando as cortinas.
  • Para vedar totalmente a claridade a melhor opção é utilizar um forro de black-out, que além de bloquear a luz também auxilia na diminuição de ruídos externos.
  • As cortinas devem ser lavadas periodicamente, lembrando que tecidos sintéticos podem ser lavados em casa, já os tecidos finos, algodão e de fibras naturais, devem ser levados a lavanderias especializadas, pois precisam de cuidados especiais para evitar desbotamento ou encolhimento.
  • Acessórios: Varões cromados, dourados, com pátina, provençal, de madeira, simples ou duplos; ponteiras diferenciadas, fios de aço e trilhos; Dê atenção especial aos acessórios, customize sua cortina com miçangas, cristais, apliques e bordados. Vale tudo para dar charme à sua cortina. Solte a imaginação e personalize assim seu ambiente.



5 comentários:

  1. Oi Guilherme :)

    Obrigada pelo elogio ás telhas... e realmente não se gasta tanto com madeiramento .. elas são bem leves... as telhas em si são mais caras, em torno de 70% a mais que as cerâmicas.. mas em termos de telhado é uma das melhores opções que se tem no mercado.

    Nós escolhemos essas pq são bem mais resistentes, q aqui tem muita chuva forte de granizo, e como o meu esposo já viu muito telhado virar peneira por causa disso ... resolveu colocar essas e elas são mesmo bem bonitas e confesso que eu mesma não esperava que fossem tão bonitinhas.

    Esse comentário vai ficar gigante ... rs..

    Qt ao sótão ficar quente, acreditamos que não.. pois as telhas tem uma uma chapa de EPS (isopor) colada na parte de baixo, de uns 12 mm de espussura... elas são termoacústicas .. então axo que não teremos grandes problemas com isso.. tomara né?! .. rsrs..

    Bom era isso :)
    E a obra aí como anda? vc escolheu bloco cerâmico?

    Achei muito legal este post sobre as cortinas!

    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Achei mais umas dicas de cortinas aqui, fica de referência pra vcs (e pra eu lembrar depois, rsrs)

    http://anapaulabarros.blogspot.com/2010/07/estilos-de-cortinas-o-que-escolher.html

    ResponderExcluir
  3. Olá Guilherme,

    Muito bom esse seu post sore as cortinas. Vou seguir as dicas na hora e escolher e desenhar as nossas.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Olá como vai?
    Adorei seu blog, mto interessante!
    Estava vendo a postagem sobre cortina, mto legal!
    Sou de Campinas e Trabalho com todos os tipos de cortinas e persianas, também com artigos para decoração, como tapetes, puffs, papel de parede etc.
    Precisando ou sabendo de alguém que esteja precisando entre em contato comigo, estamos com ótimos preços!
    Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  5. Guilherme, amei sua postagem sobre cortinas! Nunca pensei que esse item pudesse render tanto assunto. rsss Muito bom!

    ResponderExcluir